Superar em Cristo

Tenho certeza na vida! Aquele que não sofreu, que não chorou, que não suou, nunca sentiu dor, ele nunca existiu. Não existe um ser humano sequer que tenha pisado sobre essa terra que não tenha sentido as dificuldades do viver, e derramado uma lágrima na busca pela felicidade. Maior exemplo de dor e sofrimento na face da terra não poderia ser outro senão o de Jesus Cristo, aquele que não pecou, o próprio Deus, quis que caisse sobre ele toda dor e humilhação, preço do pecado do homem. Veio e tomou sobre si todas as enfermidades, todas as conseqüências e sofrimentos causados por nossos erros e erros de nossos pais! Foi humilhado, maltratado e erguido diante dos olhos de todos, para vermos aquele que nunca errou, somente amou, tomar nosso lugar para nos salvar e libertar da escravidão do pecado! Desceu ao inferno, para lá destruir a raiz do pecado e abrir as portas do céu! Veio dar a Liberdade aos filhos de Deus! Iluminar a vida daqueles que viviam nas trevas! Curar os corações doloridos! Sanar as feridas de um mundo perdido! Amar a todos sem limites! Simplesmente amar! Então não importa onde você está agora nesse momento, o que está fazendo, com quem está, ou o que pensa em fazer da sua vida agora! O Amor de Cristo quer tomar conta do seu ser! Quer te envolver, te abraçar, te devolver a graça e a felicidade antes perdida e agora encontrada no coração de Deus! Levante a cabeça, abra seus olhos, rasgue seu coração pra Deus nesse momento e deixe que ele toque em você! Sinta sua vida voltar para ti! Pois se no inferno sua vida chegou, Cristo foi lá recupera la pra você! Supere a dor, o sofrimento, as lágrimas, as doenças e a morte em sua vida! Receba vida nova! Receba vestes novas! Receba um coração novo! Receba sua vida nova! Pois Jesus Cristo é Amor, é Vida em abundância, é a partir de hoje seu maior motivo e razão de viver! Superar é levantar agora de onde você estar e viver ao lado de Cristo! Superar é ser filho de Deus! Superar é simplesmente olhar pra Deus, e entregar sua vida pra Ele te resgatar! Superar é viver a vida nova que existe depois da Cruz!

Publicado em Igreja, Reflexão | 3 Comentários

Papa Bento XVI e o Silêncio dos Bispos

Segue o Texto do Papa Bento XVI aos Bispos Brasileiros:

«Para vós, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo» (2 Cor 1, 2). Desejo antes de mais nada agradecer a Deus pelo vosso zelo e dedicação a Cristo e à sua Igreja que cresce no Regional Nordeste 5. Lendo os vossos relatórios, pude dar-me conta dos problemas de caráter religioso e pastoral, além de humano e social, com que deveis medir-vos diariamente. O quadro geral tem as suas sombras, mas tem também sinais de esperança, como Dom Xavier Gilles acaba de referir na saudação que me dirigiu, dando livre curso aos sentimentos de todos vós e do vosso povo.

Como sabeis, nos sucessivos encontros com os diversos Regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, tenho sublinhado diferentes âmbitos e respectivos agentes do multiforme serviço evangelizador e pastoral da Igreja na vossa grande Nação; hoje, gostaria de falar-vos de como a Igreja, na sua missão de fecundar e fermentar a sociedade humana com o Evangelho, ensina ao homem a sua dignidade de filho de Deus e a sua vocação à união com todos os homens, das quais decorrem as exigências da justiça e da paz social, conforme à sabedoria divina.

Entretanto, o dever imediato de trabalhar por uma ordem social justa é próprio dos fiéis leigos, que, como cidadãos livres e responsáveis, se empenham em contribuir para a reta configuração da vida social, no respeito da sua legítima autonomia e da ordem moral natural (cf. Deus caritas est, 29). O vosso dever como Bispos junto com o vosso clero é mediato, enquanto vos compete contribuir para a purificação da razão e o despertar das forças morais necessárias para a construção de uma sociedade justa e fraterna. Quando, porém, os direitos fundamentais da pessoa ou a salvação das almas o exigirem, os pastores têm o grave dever de emitir um juízo moral, mesmo em matérias políticas (cf. GS, 76).

Ao formular esses juízos, os pastores devem levar em conta o valor absoluto daqueles preceitos morais negativos que declaram moralmente inaceitável a escolha de uma determinada ação intrinsecamente má e incompatível com a dignidade da pessoa; tal escolha não pode ser resgatada pela bondade de qualquer fim, intenção, conseqüência ou circunstância. Portanto, seria totalmente falsa e ilusória qualquer defesa dos direitos humanos políticos, econômicos e sociais que não compreendesse a enérgica defesa do direito à vida desde a concepção até à morte natural (cf. Christifideles laici, 38). Além disso no quadro do empenho pelos mais fracos e os mais indefesos, quem é mais inerme que um nascituro ou um doente em estado vegetativo ou terminal? Quando os projetos políticos contemplam, aberta ou veladamente, a descriminalização do aborto ou da eutanásia, o ideal democrático – que só é verdadeiramente tal quando reconhece e tutela a dignidade de toda a pessoa humana – é atraiçoado nas suas bases (cf. Evangelium vitæ, 74). Portanto, caros Irmãos no episcopado, ao defender a vida «não devemos temer a oposição e a impopularidade, recusando qualquer compromisso e ambigüidade que nos conformem com a mentalidade deste mundo» (ibidem, 82).

Além disso, para melhor ajudar os leigos a viverem o seu empenho cristão e sócio-político de um modo unitário e coerente, é «necessária — como vos disse em Aparecida — uma catequese social e uma adequada formação na doutrina social da Igreja, sendo muito útil para isso o “Compêndio da Doutrina Social da Igreja”» (Discurso inaugural da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe, 3). Isto significa também que em determinadas ocasiões, os pastores devem mesmo lembrar a todos os cidadãos o direito, que é também um dever, de usar livremente o próprio voto para a promoção do bem comum (cf. GS, 75).

Neste ponto, política e fé se tocam. A fé tem, sem dúvida, a sua natureza específica de encontro com o Deus vivo que abre novos horizontes muito para além do âmbito próprio da razão. «Com efeito, sem a correção oferecida pela religião até a razão pode tornar-se vítima de ambigüidades, como acontece quando ela é manipulada pela ideologia, ou então aplicada de uma maneira parcial, sem ter em consideração plenamente a dignidade da pessoa humana» (Viagem Apostólica ao Reino Unido, Encontro com as autoridades civis, 17-IX-2010).

Só respeitando, promovendo e ensinando incansavelmente a natureza transcendente da pessoa humana é que uma sociedade pode ser construída. Assim, Deus deve «encontrar lugar também na esfera pública, nomeadamente nas dimensões cultural, social, econômica e particularmente política» (Caritas in veritate, 56). Por isso, amados Irmãos, uno a minha voz à vossa num vivo apelo a favor da educação religiosa, e mais concretamente do ensino confessional e plural da religião, na escola pública do Estado.

Queria ainda recordar que a presença de símbolos religiosos na vida pública é ao mesmo tempo lembrança da transcendência do homem e garantia do seu respeito. Eles têm um valor particular, no caso do Brasil, em que a religião católica é parte integral da sua história. Como não pensar neste momento na imagem de Jesus Cristo com os braços estendidos sobre a baía da Guanabara que representa a hospitalidade e o amor com que o Brasil sempre soube abrir seus braços a homens e mulheres perseguidos e necessitados provenientes de todo o mundo? Foi nessa presença de Jesus na vida brasileira, que eles se integraram harmonicamente na sociedade, contribuindo ao enriquecimento da cultura, ao crescimento econômico e ao espírito de solidariedade e liberdade.

Amados Irmãos, confio à Mãe de Deus e nossa, invocada no Brasil sob o título de Nossa Senhora Aparecida, estes anseios da Igreja Católica na Terra de Santa Cruz e de todos os homens de boa vontade em defesa dos valores da vida humana e da sua transcendência, junto com as alegrias e esperanças, as tristezas e angústias dos homens e mulheres da província eclesiástica do Maranhão. A todos coloco sob a Sua materna proteção, e a vós e ao vosso povo concedo a minha Benção Apostólica.

Fonte: Vaticano

 

Publicado em Igreja, Politica, Reflexão | Deixe um comentário

Ministros de Musica

Vejo que um dos maiores desafios hoje para os grupos de oração é encontrar um Ministro de Música, pois músicos temos muitos. Quem não sabe tocar um violãozinho? Tenho certeza que no seu grupo tem pessoas que sim… tocam um violão, cantam bem, fazem um bom barulho na batera, mas, seu grupo ainda não tem um ministério, ou se tem, não está lá essas coisas né.

O Ministério de Música ele pode encher, lotar seu grupo, levar o grupo até tocar o céu, mas também pode derruba lo e até mesmo fazer seu grupo morrer. Quem já não viu um ministério de música assim? Se é que podemos chamar de Ministério, pois um verdadeiro ministério de música, leva as pessoas a orar, ele guia a oração, pois “quem canta reza duas vezes”(Santo Agostinho)!

Está na hora de assumirmos nosso papel como artistas de Deus, não ser somente simples músicos que tocam bem, mas que eleve seu grupo, que seja canal da graça de Deus. Assim como um canudo. Você não sente o gosto do canudo quando toma um suco. Pois se sentir o gosto do canudo, este canudo está ruim, e você o joga fora, pois não está agradando ao seu paladar. Você quer um canudo que simplesmente leve até sua boca o suco, e possa sentir somente o sabor do suco.

Peça essa graça pra Deus agora: “Senhor, quero ser como um canudo para sua graça. Que quando eu cantar, tocar, as pessoas não “sintam o meu gosto” mas sintam seu Amor, a sua Docura, sintam somente a Ti Senhor. Que eu tenha um Ministério Santo, onde minha canção seja Tua voz, Tua vontade, Teu Poder e Graça no meio do Povo.”

Que sejamos Ministros de Musica, que levemos ao Povo a Água da Vida, o Cristo Vivo e Ressuscitado. Pois o mundo não precisa somente de músicos bons e ótimos instrumentos, mas sim de Músicos Santos, Ministros da Música de Deus.

Segue um vídeo com amigos aqui em casa: Gilberto Monteiro, Bruno Viana, Junior, Walmir Alencar e eu.

Paz e Bem!

Publicado em Igreja, Música, Reflexão | 2 Comentários

DIGO SIM A VIDA!

Venho deixar bem claro aqui que minhas ações e atitudes em relação a Política, não tem qualquer intenção partidaria, ou pura e simplismente pessoal. É sim uma defesa da vida, defendida não somente pela Fé Catolica que professo, mas pela moral de um povo Cristão, que é o Brasil.
Já votei no PT sim! Não Nego isso, mas agora em que sua candidata a Presidente se diz a favor do aborto, como questão de Saúde Publica, nego meu voto a eles, e vou dizer pra todo mundo ouvir que meus dedos, minhas mãos não estarão marcadas com sangues de inocentes devido a um voto.
Não vale a pena fazer politica social a preço de aborto! Não devemos pensar, vou votar naquele e nesse porque governa pra pobre, ou governa pra rico. VOU VOTAR PARA AQUELE QUE DEFENDE A VIDA!
VIDA DE UM INOCENTE QUE ESTÁ NO VENTRE MATERNO E NÃO TEM AINDA VOZ PRA GRITAR E DIZER QUE QUER VIVER!
A VIDA VALE MAIS QUE UMA LEGENDA! VALE MAIS QUE UM SALARIO. UM BOLSA FAMILIA… QUALQUER COISA…
PRA QUEM DIZ, QUE DIGO ISSO PQ TENHO COMIDA A MESA, SAIBA QUE EU E MINHA FAMILIA JÁ PASSAMOS NECESSIDADES. MINHA MÃE JÁ DEIXOU DE COMER PRA ALIMENTAR A MIM E A MEU IRMÃO. E DEUS PROVEU PARA NÓS! E SEI QUE DEUS VAI PROVER PRA QUEM ACREDITAR, POIS ASSIM ESTÁ ESCRITO NA PALAVRA
VOTE PENSANDO NO FUTURO DE NOSSO PAIS, NOSSAS CRIANÇAS. SEI QUE VOCÊ NÃO QUER VER SUA FILHA NA FILA DA ESPERA DE UM ABORTO NO SUS.

A VIDA VALE MUITO MAIS A PENA!!!

Publicado em Igreja, Politica, Reflexão | 12 Comentários

Amanhecer…

Solidão, dor, choro, lágrimas, tristeza… esse tem sido o lema de muitas pessoas desse nova geração… Depressão, angustias, sofrimentos causados por desilusões, na espera de um mundo melhor, na espera de uma vida melhor, um casamento melhor, de qualquer um de nossos sonhos realizados, e que não tem se realizado. Parece que a vida tem sido uma eterna noite, onde não conseguimos ver nada. Não vemos nossos irmão, nossa familia, nem mesmo nosso reflexo no espelho, pois temos vivido numa total escuridão. Não sabemos qual caminho a seguir, pois não se vê a estrada que Deus quer que trilhemos, pois estamos na escuridão! A escuridão do pecado, a escuridão que o mundo oferece! Somos chamados a essa escuridão por imagens lindas, musicas maravilhosas, promessas de sonhos realizados, mas quando chegamos, nada encontramos, somente a escuridão, pois o pecado nos cega.

Por isso, agora nesse dia, te convido a sair da escuridão, e vir para Luz, a Luz de Cristo! A luz da Vitória, onde toda lágrima será enxuta, toda dor será sanada, toda solidão será preenchida! Porque Deus é Luz! Deus é amor! Deus é Vitória! Deus é Familia! Deus é união! Deus que te pegar nos braços, te abraçar, acolher, dizer que te ama! Que não importa seu passado, onde você estava! Ele só quer te olhar nos olhos e dizer: “Meu filho que bom que voltou! Faremos uma festa! Pois meu filho que estava perdido retornou a minha casa”! Deus quer pegar seus sonhos meu irmão, minha irmã, e transforma los nos sonhos dEle.

Simplesmente te digo hoje: Venha para os braços de Deus, e deixe o Sol nascer mais uma vez em sua vida! ” A tristeza pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer”!

PAZ E BEM!

Publicado em Cinema, Reflexão | 3 Comentários

Não tenhas medo meu filho

Não tenhas medo! é isso que Deus quer lhe dizer nesse dia! Não Temas, pois nada pode te abalar ao meu lado! Sou teu Deus, venha descansar em meus braços, venha repousar, e sentir meu amor por você. Coloque em mim sua vida, suas preocupações, suas duvidas, anseios, e repouse em meus braços. Coloque em mim todo seu ser e nada temas, a tempestade não pode te abalar, sinta o calor do meu abraço, sinta o pulsar do meu coração, sinta que sou o Deus que te ama, e te quer ver feliz!

É só isso que Deus quer de você nesse dia… que se jogue nos braços de e e confie… escute Deus meu irmão…

Publicado em Igreja, Música, Reflexão | 3 Comentários

Sua Benção Pai

Desde pequenino, me ensinaram que antes de qualquer coisa, é bom  pedir a benção… está acordando? “Bença” Pai! Vai sair? “Bença” Pai! Vai jogar bola? “Bença” Pai! Vai sair com os amigos? “Bença” Pai! Pra tudo!!! desde pequenino aprendi pedir a benção, ou a “bença” como a gente fala aqui no interior… rsrs…  Então como não começar esse Blog, senão pedindo a benção ao Pai do céu? Pedindo que cada palavra aki, cada escrito seja uma forma, um canal do Amor d’Ele aqui na Terra? Como não pedir que seja benção na vida das pessoas, que estejam precisando saber e conhecer do amor de Deus nos corações? Que cada palavra escrita aqui possa entrar no seu coração, seja você Católico de anos de caminhada, ou você que está a muito tempo sem colocar os pés na igreja… talvez a ultima vez que você entrou foi no seu Batismo quando era neném, ou você mesmo, que assim como eu fui durante muito tempo, um filho pródigo só que sem sair de casa… é pra você esse Blog, pra que Deus venha entrar no seu coração, venha entrar no meu coração, e venha transformar nossas vidas, através da sua palavra.
Então eu Peço como bom Católico, como bom Filho: Sua Benção querido Pai do Céu, Sua Benção minha querida Mãe Maria! Venha Sobre nós todas as Benção do céu!
Amém!

Jesus Abençoa

Jesus Cristo

Publicado em Igreja, Reflexão | 7 Comentários